3 dicas para fazer churrasco em apartamento ou ambientes fechados

É fã de churrasco, mas não tem muito espaço em casa para preparar algumas carnes e legumes na brasa? Então veja as dicas do especialista Nilson Pinto, do canal 'ChurrascoVIP', no Instagram e YouTube.

Fazer churrasco é sempre um evento especial, seja para reunir família, amigo, os dois ou celebrar.

Ou seja, churrasco é sempre um evento maravilhoso e muito presente na vida do brasileiro.

Porém, quem mora em apartamento muitas vezes tem receio por saber das dificuldades do espaço menor, como o cheiro e a fumaça.

Por isso, hoje trago dicas que vão facilitar o seu churrasco em apartamento.

Dicas para fazer churrasco em apartamento

1 – Conheça bem o local

É necessário conhecer bem o espaço. Obviamente que a preferência vai para um local arejado

Se o caso for uma varanda gourmet, é preciso conhecer as regras do condomínio.

Já em uma varanda comum é necessário pensar nos utensílios e equipamentos corretos que vão evitar que haja problemas.

2 – É preciso escolher o melhor equipamento

A forma mais fácil é a churrasqueira elétrica, entretanto, há a polêmica relacionada ao sabor: a questão é que esse é um tipo de churrasco e tem seu sabor característico.

O que, em minha opinião, é super valido também, afinal, cada forma de churrasco tem suas características e sabores diferenciados e únicos!

Churrasqueira convencional, parrilla , a gás, elétrica, fogo de chão, pit smoker etc., cada qual tem um resultado e sabor diferente, o importante é fazer churrasco.

Outra alternativa é a churrasqueira a gás. É fácil de manusear e você consegue incríveis cortes no espeto.

O cuidado, mais uma vez, é com as normas do condomínio e a instalação do equipamento.

Um desses casos são aquelas conhecidas como “TV de cachorro”, usadas para assar os frangos aos domingos em padarias, só que um pouco menor. Elas têm bons resultados em apartamento.

Se você faz questão da churrasqueira a carvão, uma alternativa é utilizar briquetes, que é um tipo de carvão feito de pó de carvão prensado e produz menos fumaça (no começo mais, depois que pegou o fogo, muito menos).

No final acaba gerando mais cinzas, mas muito menos fuligem no processo.

Lembrando que toda fumaça é toxica e em ambiente fechado é extremamente perigosa, então, vale analisar bem a situação (carvão ou briquete apenas em ambientes abertos ou com coifa e canalização da fumaça).

Vale lembrar que nada será 100% livre de fumaça, mas é possível amenizar.

3 – Muita atenção na escolha do corte

Prefira cortes de cocção mais rápida como maminha, fraldinha, ancho, prime rib, entre outros.

Uma forma de facilitar ainda mais essa cocção é selando por inteiro e depois cortando em steaks.

Essa é uma das formas mais utilizadas por mim e dão churrascos espetaculares.

Viu? É mais difícil, mas não impossível!

Fonte: Notícias ao Minuto

comprar biblias

markadapaz