Abel Ferreira garante cumprir contrato, prevê ano sabático e descarta seleção

O português Abel Ferreira revelou quais são seus planos para os próximos anos como técnico de futebol. Após renovar seu contrato com o Palmeiras até o fim de 2024, o treinador afirmou que pretende cumprir o contrato com o time paulista e depois ter um ano sabático. Abel garantiu que não assumirá uma seleção no momento. O profissional chegou a ser especulado na seleção brasileira após o anúncio da não permanência de Tite após a Copa do Mundo e foi questionado sobre o assunto durante sua entrevista no Roda Viva.

"Não tenho intenção nenhuma a curto prazo de ser treinador de seleção. Já posso projetar o que quero para mim a curto e médio prazo. Quero cumprir meu contrato com o Palmeiras, depois fazer um ano sabático e sair fora. Quero continuar a lutar por títulos por dois anos no Palmeiras. No final quero ter um ano sabático, aí depois sim falamos sobre seleção, clubes, aposentadoria. Mas quero e vou fazer isso", disse o treinador em entrevista ao podcast oficial da Libertadores.

Por sentir falta de sua família, que permaneceu em Portugal, Abel Ferreira já cogitou deixar o Palmeiras em outras oportunidades, apesar do sucesso que vem tendo à frente do time alviverde. Ele revelou os dois principais motivos que o fizeram aceitar a renovação: o empenho da presidente Leila Pereira nas negociações e a forte conexão que possui com o elenco palmeirense.

"Gosto muito de fazer o plano da minha carreira. Vim ao Palmeiras contra a vontade da minha família, cheguei por convicção própria, porque estudei, sabia que era um grande clube que me daria condições de brigar por títulos. Assinei e renovei porque queremos continuar a lutar por títulos. Não sei se vamos ganhar, mas a ambição é continuar nas disputas e finais", disse Abel ao podcast.

Já garantido na final do Campeonato Paulista diante do São Paulo, Abel Ferreira está prestes a disputar sua nona final em apenas 17 meses de Palmeiras. O treinador ostenta quatro troféus até o momento. Ele ganhou as duas últimas edições da Libertadores, uma Copa do Brasil e uma Recopa Sul-Americana.

Aos 43 anos, o treinador português do Palmeiras é o segundo há mais tempo no comando de um time brasileiro no momento, atrás apenas de Maurício Barbieri, treinador do Red Bull Bragantino, o qual o Palmeiras eliminou no último fim de semana pelas semifinais do Campeonato Paulista. Caso realmente fique até o final de seu novo contrato, Abel Ferreira passará a ser o técnico mais longevo no comando do Palmeiras em toda a história.

Fonte: Notícias ao Minuto

comprar biblias

markadapaz