Após visita americana, China dispara mísseis perto de Taiwan

A China lançou vários mísseis balísticos nas águas que ficam a nordeste e sudoeste da costa da ilha de Taiwan, segundo o governo da ilha.

Isso acontece logo após a visita da presidente da Câmara dos EUA, Nancy Pelosi, a Taiwan, realizada sobre ameaça dos chineses.

Pelosi não representou a Casa Branca na visita, e o presidente americano Joe Biden chegou a dizer a jornalistas que, na visão do Exército americano, a viagem da congressista a Taiwan não era recomendada.

Algumas das áreas afetadas pelos disparos balíticos chineses ficam a 19 km da ilha – é o mais perto que um exercício militar chinês já chegou.

Segundo Taiwan, a ação, que impede que navios e aviões passem pela região, viola sua soberania e significa, na prática, um bloqueio.

A China vê a ilha, que tem governo e constituição próprias, como uma província rebelde que eventualmente ficará sob seu controle.

A TV estatal chinesa mostrou o momento do lançamento de mísseis.

Confira no vídeo.

Curtiu? Inscreva-se no canal da BBC News Brasil! E se quiser ler mais notícias, clique aqui: https://www.bbcbrasil.com

#bbcnewsbrasil #china #taiwan

comprar biblias

markadapaz