Ataque russo com 10 mísseis destrói duas universidades, diz Ucrânia

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Uma série de ataques russos feitos nesta sexta-feira (15) na cidade de Mykolaiv, no sul da Ucrânia, destruiu duas universidades locais de modo a tornar "impossível" o restauro antes do início do ano acadêmico, disse o chefe da administração militar de Mykolaiv, Vitaliy Kim.

Segundo Kim e o prefeito da cidade, Oleksandr Syenkevych, pelo menos 10 mísseis russos teriam atingido a cidade neste que é o mais recente ataque de uma série de tensões registradas na região sul da Ucrânia.

"Hoje a Rússia-Terrorista atacou as 2 maiores universidades em Mykolayiv. Pelo menos 10 mísseis. Agora eles atacam nossa educação. Estou pedindo às universidades de todos os países democráticos que reivindiquem que a Rússia seja chamada pelo o que ela realmente é – terrorista", escreveu Vitaliy Kim ao publicar o vídeo do ataque.

Autoridades russas ainda não se manifestaram sobre as acusações.

Vitaliy Kim afirmou em um vídeo que cinco mísseis S-300 atingiram a Universidade Nacional de Construção Naval (National University of Shipbuilding) e quatro miraram na Universidade Nacional de Mykolaiv.

No Telegram, Kim afirmou que estudou na Universidade Nacional de Mykolaiv, e, ao dizer que a universidade naval era uma das únicas que construía embarcações na era pós-soviética, fez uma comparação com a hipótese de uma universidade russa ser destruída:

"Me pergunto por que eles bloquearam o acesso aos portos, ao mar. Agora eles estão destruindo os portos e as universidades navais – a única que existe na Ucrânia. Como eles reagiriam se 5 mísseis atingissem a Universidade de São Petesburgo agora?", escreveu.

Além das universidades, duas casas e onze apartamentos de um condomínio também foram afetados pelas explosões.

Fonte: Notícias ao Minuto

comprar biblias

markadapaz