#FLIN Como a Cultura forma educadores sociais

#BahiaMeuOrgulho #GovernoDoEstado #governoquecuida

A relação com a comunidade possibilita o surgimento de produtos, projetos ou espaços de articulações que fortalecem as próprias comunidades. A proposta desta conversa é entender como isto vem acontecendo e como os jovens estão sendo contemplados e vem protagonizando estas pautas.

MONA KIZOLA

Jeane Oliveira, mas conhecida como Mona Kizola, é uma jovem negra, periférica, muzenza da Sanzala de Nsumbu, filha de Nzazi, moradora de águas claras, lésbica e casada com uma preta a qual juntas tem um filho de 1 ano (o pequeno Miguel). Com apenas 19 anos, é poeta, atriz em desenvolvimento, compositora, estudante de jornalismo, aprendiz de Educadora social na acopamec e participante do coletivo resistência preta.

IAGO SANTOS

Aprendedor e empreendedor, designer gráfico em constante aprendizado, mentor e consultor em comunicação e negócio, idealizador e CEO do TrazFavela Delivery, cocriador da marca de mochila e acessórios @mochi_lona, Especialista em Inovação Digital pela Digital Innovation One e Coordenador de Inovação e Tecnologia da AJE-BA (Associação de Jovens Empreendedores da Bahia).


O podcast Boca de Afofô – Sua História para por aqui, projeto da Fundação Pedro Calmon coordenado pela Biblioteca Virtual Consuelo Pondé participa a segunda edição do FLIN – Festival Literário Nacional – Diversas Leituras & Novos Caminhos, como espaço virtual dentro do festival e foi pensando para ser mais um canal de comunicação com público ao vivo. Funcionará como mais um espaço de discussão, análise, aprendizado e troca durante os dias do festival. A proposta é que aconteça uma interação entre os convidados e o público em geral, para além das discussões estabelecidas nas mesas e conferências do Festival.

Em formato de mesacast, o Boca de Afofô contará com três mesas por dia, totalizando 18 convidados durante os três dias de Festival. Com transmissão e tomadas ao vivo do evento, interação com público, o Boca de Afofô terá como convidados autores/as, agentes e mobilizadores culturais, dentre eles: Luana Souza (escritora e apresentadora), Scarlet Almeida (empreendedora, influenciadora digital e campeã do BBB Cajazeira, Zulu Araújo (arquiteto, mestre em cultura e sociedade e doutorando pela UFBA), Felipe Tuxá (antropólogo e professor universitário), Cairo Costa/JACA (Juventude Ativista de Cajazeira), Fernanda Maia (percussionista e compositora da banda Afrocidade), Adriel Oliveira (jovem influenciador digital no campo da leitura).

Após a realização do FLIN todos os episódios ficarão hospedados no site dos Acervos Virtuais Baianos, garantindo assim o registro, utilização e guarda desse material para posteridade.

ADRIEL OLIVEIRA [LIVROS DO DRI]

Influenciador Literário. Um jovem baiano de 13 anos, de Salvador – BA, ficou conhecido após sofrer ataques racistas em sua conta no instagram, ao ser aconselhado por sua mãe, expôs os mesmos, criando assim milhares de fãs espalhados pelo Brasil afora.

LUANA SOUZA

Mulher negra, cachoeirana, formada em Comunicação Social- Jornalismo. Mestra em Cultura e Sociedade e doutoranda em Comunicação e Cultura Contemporâneas. Apresentadora e escritora do livro “Na Contramão do Afeto: Histórias e Trajetórias Afetivas de Mulheres Negras”, um livro-reportagem sobre as afetividades das mulheres cachoeiranas.

comprar biblias

markadapaz