Fluminense defende vantagem contra o Botafogo para ir à final do Carioca

O adversário do Flamengo na final do Campeonato Carioca será conhecido neste domingo, a partir das 16h, quando Fluminense e Botafogo duelam no Maracanã, no Rio. O time tricolor chega como favorito após vencer o primeiro duelo, no Engenhão, por 1 a 0.

Com a vitória no jogo de ida, o Fluminense pode perder por até um gol de diferença. A vantagem no placar agregado foi conquistada por ter a melhor campanha na primeira fase. Para o Botafogo, resta vencer a partir de dois gols.

Quem avançar, encara o Flamengo, que eliminou o Vasco com duas vitórias por 1 a 0. Na final, porém, em caso de empate no placar agregado, a decisão vai para os pênaltis. Não há vantagem para nenhum time.

A vitória no primeiro jogo foi importante para que o Fluminense amenizasse um pouco a frustração de ser eliminado na fase preliminar da Copa Libertadores da América. Entretanto, o técnico Abel Braga salientou que é preciso focar no segundo jogo e não se amparar na vantagem.

"A tristeza ficou para trás. É difícil, mas temos que seguir em frente e a vitória no clássico foi importante para isso. Mas temos que respeitar o Botafogo, que entrou no primeiro jogo de forma ofensiva e com certeza irá da mesma forma para o segundo jogo. Não podemos mudar nossa maneira de jogar", declarou.

Como os cartões amarelos foram zerados para as semifinais, Abel não tem problemas por suspensão para escolher os jogadores. Mas há dúvidas em relação a lesões. Fred, que treinou normalmente nesta semana, está mais próximo de voltar a ser relacionado. Felipe Melo, Pineida e Samuel Xavier fizeram atividade de transição e não estão confirmados. O atacante Luiz Henrique segue no departamento médico e dificilmente estará à disposição.

O Botafogo está ativo no mercado e reforçando seu time para o Brasileirão. Enquanto o técnico português Luís Castro não assume, o time está sob comando do ex-jogador Lúcio Flávio, que vê o time com chances de avançar.

"Sabemos que encontraremos um pouco mais de dificuldade pelo adversário ter a vantagem. Vamos montar uma estratégia e não ficar pensando no resultado do primeiro jogo. Acho que temos condições, sim, com o trabalho que os atletas estão fazendo para superar o adversário", projetou.

Os problemas do técnico interino são praticamente os mesmos do primeiro jogo. A lista de lesionados é grande: Joel Carli, Carlinhos, Diego Gonçalves, Ênio, Gabriel Tigrão, João Victor Maranhão, Lucas Mezenga, Rafael, Ronald e Vitinho.

O goleiro Gatito Fernández segue com a seleção do Paraguai. Outra ausência importante será a do atacante Matheus Nascimento, que se juntou à seleção brasileira sub-20. Erison, que entrou em seu lugar no primeiro jogo, deve ser titular.

Fonte: Notícias ao Minuto

comprar biblias

markadapaz