Homem morre após ingerir ‘nabo do diabo’ na Galiza

Um homem de 37 anos, de nacionalidade colombiana, morreu, em dezembro, após ter ingerido o 'nabo do diabo, um tubérculo perigoso típico do norte de Espanha. De acordo com o jornal Cadena Ser, o homem poderia ter confundido a planta com mandioca.

A morte levou o Tribunal de Primeira Instância e Instrução n.º 2 de Betanzos a enviar na segunda-feira, dia 9 de maio, uma carta à Câmara Municipal de Bergondo para alertar os moradores para o perigo deste tubérculo.

Fontes municipais de Bergondo aconselharam os habitantes, através de uma publicação no Twitter, a evitarem comer o tubérculo Oenanthe SPP (X 49 CIE 10).

COIDADO
A toda a veciñanza do lugar de Sampaio, en Guísamo:
O Xuzgado de Primeira Instancia e Instrución Número 2 de Betanzos, alertou ao Concello de que a veciñanza de Sampaio non inxira o ? tubérculo OENANTHE SPP (X 49 CIE 10) xa que faleceu unha persoa pic.twitter.com/0jyElDO96J

— Concello de Bergondo (@ConBergondo) May 9, 2022

O que é o 'nabo do diabo' e por que é que é perigoso?

É tecnicamente conhecido como OENANTHE SPP (x 49 cie 10), e é uma planta da família Apiaceae. A planta venenosa é comum ser encontrada em estado selvagem junto às margens de rios ou prados no norte de Espanha, como Astúrias ou Galiza, bem como na bacia mediterrânea.

É parecido com um nabo e tem um tubérculo amarelo, sendo esta a parte da planta potencialmente perigosa. Este tubérculo contém uma neurotoxina extremamente tóxica, a enantotoxina, que ataca diretamente o sistema nervoso central e produz sintomas como convulsões, parada respiratória, pupilas dilatadas e morte rápida em adultos.

Fonte: Notícias ao Minuto

comprar biblias

markadapaz