Motoristas e entregadores por aplicativo fazem paralisação nacional nesta terça (29)

csm 09042018GSU4 b40c23a56b

Trabalhadores de aplicativos se mobilizarão em todo o país, nesta terça-feira (29), em uma paralisação que busca reivindicar direitos paras as categorias de entregadores e motoristas de empresas como Uber, 99 e iFood.

Os organizadores preveem uma adesão nacional, com protestos em todas as capitais. Em Salvador, a Cooperativa Mista de Motorista e Mototaxistas por Aplicativo (Coopmmap) realizará uma assembleia às 9h, na Balança do Centro Administrativo da Bahia (CAB). Durante o período, os trabalhadores deverão desligar seus aplicativos, gerando um "apagão" nos sistemas pela falta de motoristas.

No último dia 14 de março, a Uber anunciou um aumento temporário de 6,5% no preço das corridas aos clientes por conta da alta dos combustíveis, contudo, segundo os motoristas, esse valor extra não foi repassado aos parceiros, o que gerou a iniciativa para a mobilização. Além disso, a assembleia da Coopmmap irá discutir formas de exigir que as empresas aumentem a remuneração em todas as corridas, mostrem o destino do passageiro antes que a corrida seja aceita, instalação de câmeras em veículos de motoristas mulheres, dentre outros.

Veja as reivindicações dos motoristas:

  • Fixar a porcentagem que a Uber recebe em 20%;
  • Reajuste do valor do quilômetro para todas as corridas: Uber X (R$ 2), Comfort (R$ 2,40) e Black (R$ 3,20);
  • Cobrança de taxa de deslocamento até o passageiro, para distâncias superiores a 2km;
  • Adicional de 25% para viagens a partir de 30 km;
  • Melhorias e bolsões em aeroportos (áreas de embarque e desembarque);
  • Melhorar os incentivos para os motoristas com melhor pontuação;
  • Câmera em todos os carros de motoristas mulheres;
  • Contato direto com o suporte por telefone, para todas as categorias;
  • Extratos semanais contendo data, número de corrida, km rodado, valor e taxa.

Fonte: Correio 24hs

comprar biblias

markadapaz