Perda de cabelo em formas circulares é o sintoma mais comum da alopecia

A alopecia areata a foi um tema que movimentou a cerimônia do Oscar 2022, na noite deste domingo (27), após o humorista Chris Rock brincar com a condição que acomete a atriz Jada Pinkett Smith, e levar um tapa na cara do companheiro dela, o ator Will Smith. O problema tem como sintoma mais frequente o a presença de falhas circulares sem pelos ou cabelos Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), a doença é inflamatória e, em casos mais raros, a pessoa acometida perde todo o cabelo da cabeça ou, no caso do tipo universal, os pelos de todo o corpo caem. Alguns fatores podem acentuar a doença, que pode ser genética ou autoimune. Questões emocionais, traumas físicos e quadros infecciosos podem desencadear ou agravar o quadro. Vitiligo, problemas da tireoide e lúpus eritematoso podem estar associados ao quadro. O tratamento da alopecia envolve o uso de estimulantes do crescimento dos fios e corticoides. O objetivo, explica a sociedade, é controlar a doença, reduzir as falhas e evitar que novas surjam. Eles estimulam o folículo a produzir cabelo novamente, e precisam continuar até que a doença desapareça. De acordo com a SBD, a evolução da alopecia areata não é previsível. O cabelo sempre pode crescer novamente, mesmo que haja perda total. Isto ocorre porque a doença não destrói os folículos pilosos, apenas os mantêm inativos pela inflamação. Entretanto, novos surtos podem ocorrer. Cada caso é único. Estudos sugerem que cerca de 5% dos pacientes perdem todos os pelos do corpo.Fonte: Bahia Notícias

comprar biblias

markadapaz