Pílula anticoncepcional masculina atinge 99% de eficácia em camundongos, aponta estudo

Uma equipe de cientistas informou, nesta quarta-feira (23), ter desenvolvido uma pílula anticoncepcional masculina que demonstrou ser 99% eficaz em camundongos, sem provocar efeitos colaterais. Os testes em humanos poderão iniciar até o final do ano. As informações são da agência France Presse. "Vários estudos mostram que os homens estão interessados em compartilhar a responsabilidade contraceptiva com suas parceiras", afirmou o doutor Abdullah Al Noman, graduado da Universidade de Minnesota, encarregado de apresentar a pesquisa. Até o momento, apenas preservativos e a vasectomia estão entre os métodos eficazes disponíveis para os homens. Porém, desde que a pílula anticoncepcional para mulheres foi aprovada na década de 1960, os pesquisadores têm interesse em desenvolver seu equivalente masculino. Enquanto a pílula feminina usa hormônios para alterar o ciclo menstrual, gerando diversos danos colaterais, o novo método anticoncepcional pesquisado é baseado em uma proteína chamada "receptor de ácido retinoico (RAR) alfa". O RAR-alfa processa o ácido retinoico, que desempenha um papel importante no crescimento celular, na formação de espermatozoides e no desenvolvimento embrionário. Os experimentos feitos com camundongos em laboratório acabaram mostrando que, quando o ácido retinoico é processado, o animal se torna estéril. Os pesquisadores então se concentraram em desenvolver um composto que bloqueia a ação do RAR-alfa. A professora Gunda Georg, uma das pesquisadoras envolvidas na elaboração da pílula anticoncepcional masculina, prevê que seu medicamento poderá ser comercializado em até cinco anos. "Estou otimista de que avançaremos rapidamente", disse.Fonte: Bahia Notícias

comprar biblias

markadapaz