Quem criou campanha por voto jovem postada por Leo DiCaprio

Três meses atrás, a história traçada para as eleições de 2022 seria a do pleito com menor participação dos jovens entre 16 e 18 anos desde o retorno à democracia brasileira.

Em fevereiro deste ano, apenas 830 mil jovens tinham tirado seu título de eleitor – o equivalente a 13,6% da atual população brasileira nesta faixa etária. Para jovens de 16 e 17 anos, o voto não é obrigatório.

No entanto, depois de uma mobilização que levou ao engajamento até de dois astros hollywoodianos, Leonardo DiCaprio e Mark Ruffalo, e que irritou o presidente brasileiro Jair Bolsonaro (PL), a tendência foi revertida em cerca de 90 dias.

No último dia 5 de maio, um dia após o fim do prazo para o alistamento eleitoral, o Tribunal Superior Eleitoral anunciou que, no total, 2,04 milhões de novos eleitores nessa faixa de idade se registraram para votar em 2022.

Esse número, ainda parcial, já é 47,2% maior do que a adesão registrada em 2018 e 57,4% superior ao número de 2014.

Mas neste vídeo, nossa repórter Mariana Sanches explica que as postagens das celebridades nacionais e internacionais e esse aumento foi o resultado de um trabalho realizado por diferentes grupos de anônimos.

Assista e confira quem são.

Reportagem em texto:
https://www.bbc.com/portuguese/brasil-61347034

Curtiu? Inscreva-se no canal da BBC News Brasil! E se quiser ler mais notícias, clique aqui: https://www.bbcbrasil.com

#BBCNewsBrasil #Eleições #Celebridades

Curtiu? Inscreva-se no canal da BBC News Brasil! E se quiser ler mais notícias, clique aqui: https://www.bbcbrasil.com

comprar biblias

markadapaz