Zelensky oferece "condolências" às vítimas do Texas. "Isto é terrível"

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, ofereceu nesta quarta-feira as suas condolências aos familiares das vítimas do tiroteio numa escola no Texas, o pior massacre escolar nos Estados Unidos em quase uma década.

"Gostaria de expressar minhas condolências a todos os parentes e familiares das crianças que foram mortas no terrível tiroteio em numa escola primária do Texas", disse, numa intervenção num evento à margem do Fórum Económico Mundial.

"Até onde eu sei, 21 pessoas foram mortas, incluindo 19 crianças. Isto é terrível, ter vítimas de atiradores em tempos de paz", disse o chefe de estado do país invadido pela Rússia.

Deeply saddened by the news of the murder of innocent children in Texas. Sincere condolences to the families of the victims, the people of the US and @POTUS over this tragedy. The people of Ukraine share the pain of the relatives and friends of the victims and all Americans.

— Володимир Зеленський (@ZelenskyyUa) May 25, 2022

O atirador já foi identificado pelas autoridades como Salvador Ramos, foi morto pela e polícia teria agido sozinho. O governador do Texas, Greg Abbott, revelou que o jovem de 18 anos estudava numa escola da cidade.

O presidente norte-americano Joe Biden descreveu o incidente como "outro massacre" e disse que era "hora de agir" para enfrentar o 'lobby' das armas, enquanto se dirigia à nação.

Este tiroteio é o mais mortífero numa escola dos Estados Unidos desde o ataque a Sandy Hook, no Connecticut, que vitimou 20 crianças e seis funcionários na altura.

Fonte: Notícias ao Minuto

comprar biblias

markadapaz